sábado, 19 de outubro de 2013

Força Fran

Postado por Laiz Maia Conti às 14:07 0 comentários

Mais uma garota, foi vitima das nuances do machismo. Essa semana, repercutiram, através de um aplicativo, três videos da Fran. A Fran teve a intimidade com o parceiro, seus desejos e vontade sexuais e a sua vida exposta pra dezenas, centenas, milhaaaaares de pessoas.
Dessas pessoas, a maioria acredita que tem o DIREITO de julgar a moça de 19, afinal, ela é uma moça. Afinal, ela teve desejos realizados, na cama. Afinal, ela tem uma filha. Afinal, ela envergonhou a família, pai, mãe, tio, tia e o diabo a quatro. Afinal, que burra, deixou o cara gravar ela.
Mas, afinal. O que que o cara tinha que gravar? O que que ele tinha que compartilhar. Ela que é burra, e não ele que é um imbecil. Isso me choca!
Eu sou da opinião que: do que acontece entre quatro pardes, ou dentro de quatro portas(duas, que seja) só pertence a quem consumou o ato, a quem sentiu prazer, a quem fez amor, a quem deu o ‘cuzinho’! Não a uma cambada de desocupados que se diverte postando intimidade dos outros ou COM os outros! 
Na minha busca sobre o ocorrido, foram poucos os comentários de apoio a garota que não envolviam ironia, e menores ainda, os comentários de chacota ao parceiro (infantil e inescrupuloso)! Isso é machismo!
Porque o cara que pega cinco na balada é fodão? Porque que o cara que cozinha a garota é pegador? Porque esse tipo de pessoa sem caráter é considerado o esperto e ‘o homem que eu queria ser’? 
No dia que as frans puderem oferecer seu ‘cuzinho’ pra quem e na hora que bem entenderem, aí sim, desconsiderarei minhas criticas ao IMBECIL que não soube simplesmente valorizar e viver o momento, aceitando a oferta da moça.
 

Além da minha imaginação Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos