terça-feira, 4 de dezembro de 2012

CATARINA A PORTER - Encontro da industria e do varejo catarinense

Postado por Laiz Maia Conti às 05:10 0 comentários
 Na última quinta feira de novembro ( 29 ) , aconteceu em Itapema o primeiro dia do primeiro Catarina a porter 2012. O evento conta com a parceria do SEBRAE e com a do Governo do estado. Reune tudo relacionado a moda catarinense: acessórios, roupas, sapatos, bolsas.
O mais interessante é a forma que se dá a relação expositor-comprador.
A estrutura toda foi montada de frente para praia, em Itapema. Quem saía e chegava ao local, topava com aquela vista maravilhosa e aquele cheiro agradabilíssimo da maresia.
Já por dentro, o cenário foi dividido em micro estandes, cada um com suas peças.Na lateral direita encontrava-se os acessório, uma parte da linha infantil e biquinaria. No hall podia-se admirar os sapatos. Estandes muuuuito bem montados.

O que me chamou muita atenção foi o sucesso que a conterrânea Juliana Silveira fez no com o lounge e com as peças dela. Moça muito requisitada, todos queriam uma fotinho, inclusive eu, hahahah.


Outra marca que atrai olhares com sua T-shirts com estampas suuuper vintages, foi a Camisetas Liverpool. As estampas são de babar, e olha a tecnologia fazendo 'shlapt' na nossa cara: só vendem online!














Enfim, o evento foi ma-ra-vi-lho-so, essa primeira edição deixou gostinho de quero mais. As empresas que estavam expondo arrasaram. Os profissionais contratados para trabalhar eram super atenciosos. Lounges muito bem decorados. As peças apresentadas eram dignas de qualquer evento de moda. 




Eu curti muuuito o Catarina a porter, e o evento só tende a evoluir. Parabéns a toda organização. Ao SEBRAE por mais esse apoio para a industria do vestuário e ao Governo do estado, por acreditar na competência da moda catarinense.

P.S. Agradecimentos a Dalita, colega de consultoria, altas companhia *-*

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Falando de moda - Isabel Marant

Postado por Laiz Maia Conti às 14:13 0 comentários
Então, hoje vou falar da 'menina dos sneakers', não que seja, realmente, mas a primeira coisa que se pensa quando citam Isabel Marant são os sneakers. E eu, adoro quebrar paradigmas e fui pesquisar o trabalho dessa moça.


Essa francesinha começou como designer de moda aos 15 aninhos, estudou moda em Berçot, Paris, e depois de algum tempo trabalhou com empresas como Chloé e Yohji Yamamoto, para, enfim, em 1989 abrir sua pórpria marca.
Engana-se quem pensa que ela se resume ao tenizinhos com salto. No entanto, indo-se mais a fundo, logo se vê o quanto suas criações tem atitude e a maneira sutil que ela tem em demonstrar toda essa atitude da peça na passarela.
A coleção primavera-verão 2013 vem com uma proposta country girl e meio bo-ho. Camisas com pala frontal com bordados, batas com missangas, coletes com vista a lá tailleur.






terça-feira, 13 de novembro de 2012

Alpargatas e D.I.Y.

Postado por Laiz Maia Conti às 17:25 0 comentários
Sim, elas voltaram, só que agora na versão original. Aquele 'chinelinho gaúcho', com solado de corda. Elas foram muuito usadas no verão do ano passado, mas uma versão bem feminina, com saltinho. Vimo-as nos pezinhos de famosas com Kate Middleton, Alexa Chung e Jeniffer Aniston.

















Da esquerda pra direita - Jeniffer Aniston, Kate e Alexa Chung

Nesse verão elas vieram com força total de novo, mas agora não é daquelas que meus pais compravam numa loja de artigos gaúchos como a Galpão Criolo. Marcas renomadas com Schuts, Miezko e até, vejam só, Chanel.




















Alpargatas

E eu, já estimulada a comprar uma, pelo fato de não tirar as da minha irmã dos pés, resolvi comprar uma. Eu adorei ela basiquinha, porém, eu também adoro inventar. Aí veio a idéia. Comprei uma azul marinho na loja de coisas gaúchas. Ia deixar ela normal mesmo. Aí pensei 'Se eu colocasse umas tachinhas??'












Apliquei seis quadradinhas e pontudinhas e uma redondinha com estampa de caveira em cada lado externo.

Na loja de aviamentos, empolguei-me, e comprei, além das tachinhas, uma correntinha bem fininha de strass e apliquei sobre a costura da frente.
O resultado final foi esse. A qualidade não ficou muito boa, mas qualquer dia posto um look completo com ela nos pés.




Análise do vídeo 'We all want to be young' da Box 1824

Postado por Laiz Maia Conti às 11:26 0 comentários
Mediante a apresentação do vídeo 'We all want to be young', algumas duvidas surgiram e, pra esclarece-las, bora fazer uma pesquisa aprofundada sobre o assunto. 












A importância dos jovens

No vídeo, nota-se claramente o quão importantes eles são, tanto no quesito desenvolvimento quanto na questão econômica."Jovens representam novas linguagens e comportamentos. E eles estão influenciando diretamente os hábitos de consumo."


Mudanças

Acho que desde a partir dos baby boomers, o jovens se mostraram cada vez mais rebeldes e passaram a lutar cada vez mais por sua liberdade. Eles inovaram no estilo, no comportamento e na forma de se comunicar.

Desde a década de 80 novas tecnologias vem estimulando a cabeça dos adolescentes, uma vez que, foi nesse período que surgiu o primeiro padrão para o uso de redes sociais. Foi nos anos 80 também que a Apple lançou o Macintosh e que meteorologistas identificaram o buraco na camada de ozônio.
Outras ocasiões muito marcantes ficaram gravadas nos anos 1980, como a queda do muro de Berlim. Com a crise do sistema socialista no leste da Europa e o fim deste sistema na Alemanha Oriental, ocorreu a queda do muro, que determinou também, de forma simbólica, o fim da guerra fria.
Acho que toda esses acontecimento, essas mudanças refletiram muito no desenvolvimento da geração jovem da década seguinte. Principalmente em relação a tecnologia (Windows 95 e fundação da Google), a politica (impeachment de Fernando Collor, Plano real e nobel da paz para Nelson Mandela) e ao meio ambiente (ECO 92).

Atualmente

Os jovens são reconhecidos pela sua vitalidade e diferenciação. Eles inspiram os mais novos e os mais velhos. Então cada vez mais, crianças querem se passar por adolescentes, as vezes de uma forma meio errônea (drogas ilícitas, cigarro, álcool), as vezes não (luta pelo direito dos estudantes, busca pela liberdade). Enquanto os mais velhos buscam isso através da vitalidade(busca pela saúde, mudanças de hábitos, velhinhos não mais tão velhinhos, cirurgias plásticas). Porém, pode-se buscar essa jovialidade no mais fundo da alma, porque, acaso não saibam, esta só desaparece se permitirmos.

Deixo o vídeo para que possam tirar suas próprias conclusões.



Parceria com Bruna Bitencourt, Juliana Valverde e Lucas Panchera.


Fontes


quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Changes

Postado por Laiz Maia Conti às 17:32 0 comentários
Oie. Então, minha passadas por aqui são esporádicas (sempre que eu tenho um tempinho extra, o que é o caso hahaha). Então, em um dos cursos, eu tenho uma professora que adora inventar moda, muito querida. Ela dá a disciplina de técnicas de criação.
O primeiro trabalho foi a confecção de um croqui conceitual, mas não poderia ser pintado. Para fazer a roupa só poderíamos usar papel, todo o tipo, crepon, seda, contact. E dessa vez, foi personalizar uma sacolinha, cada um com um tema. Eu tirei street fashion. Pensei bastante, até que me surgiu uma mega idéia: cosplayers.

Cosplayers, essa meninas(e meninos, eles também fazem) que se fantasiam de seus animes preferidos e saem pelas ruas. Muito comum em Tokio. Outra turma muy fofa são as lolitas e, sim, inspirei-me nas duas coisas juntas.

Dessa mistura, eu peguei uma sacolinha de papel de uma livraria, empunhei a tesoura e fui cortando(Hauahau, nãão, não foi fácil assim. Tirei moldes, testei tudo antes.) Aí saiu essa bolsa fofa, em formato de cup cake *-*

Espero que tenham gostado. Até a próxima!


terça-feira, 6 de novembro de 2012

Mudança do calendário fashion

Postado por Laiz Maia Conti às 02:55 0 comentários
Então gente, há um tempinho, vááários blogs estão comentando essa mudança. E, há algum tempinho, eu tenho pesquisado muito sobre o assunto.
A mudança é a seguinte, as coleções eram dividas em duas : Verão e Inverno (as vezes, marcas mais conceituadas apresentavam alto Verão também, exceções). Elas eram apresentadas em janeiro e junho (as semanas de moda nacionais).
Com a mudança, elas vão coincidir com a semanas de moda européias. Inclusive, em outubro, já foi apresentado o inverno 2013.

Mas e aí vem um questionamento. Quais os prós dessa mudança? E os contras? Será que a mudança seria realmente necessária?"As feiras de atacado Rio pret-à-porter e Fashion Business seguirão o novo calendário. Mas será que as tecelagens, confecções, marcas e lojistas estão preparados para essa mudança?", diz Ana Cláudia Lopes.


Após a explanação do assunto na sala, pesquisa e um debate um tanto caloroso, todos perceberam que, por mais que tentassem defender o seu lado (por sinal, eu era contra hahaha), o fato tinha seu dois lados.Questões bem pertinentes foram colocadas em relação aos dois lados da moeda.Mas eu sou contra porque:

Sustentabilidade

A questão da sustentabilidade está sendo martelada há tempos na moda. Criticas aos fast-fashions e as lojas de departamentos e o incentivo a customizar das roupas que você já tem, consumir peças de brechó, trocar roupas em bazares. Então se com duas coleções anuais o consumo no mercado da moda já é grande (Pesquisa feita em 2011), com três o consumo seria muito maior.


Capacidade de produção(têxtil)

  O setor têxtil no Brasil está em crescimento, porém, grande parte da produção e exportada.Então, a partir do momento que exporta, fica sem matéria prima para a produção, tendo assim que importar para poder produzir.

E a preocupação com a falta de matéria prima não fica apenas nas industrias têxtil  se estende aos laboratórios de criação de dezenas de empresas.
Mais informações EBC

Pesquisa de moda

Um dos maiores focos em relação a positividade da mudança, foi o desenvolvimento da capacidade de criação dos estilistas Brasileiros, que "desde sempre" viajam em busca de inspiração nas semanas de moda européias. No entanto, as viagens não foram descartadas.
Além do mais, acredito que a vontade de CRIAR mesmo, vem de cada estilista.

Fontes
Paulo Borges sobre SPFW
Abit


domingo, 4 de novembro de 2012

Gloria Kalil - Chique até que ponto?

Postado por Laiz Maia Conti às 08:23 0 comentários
Na segunda feira, dia 29, no SPFW, Fause Haten apresentou sua coleção de Inverno 2013. o desfile foi regado de peças luxuosas, com transparências, pedrarias, bodys e um certo nudismo. Depois do desfile, pode-se acompanhar noblog da Glorinha, sua visão desrespeitosa, ironica e nada chique sobre o desfile do estilista. 


" ...de qualquer idade ou estilo, vai achar lugar melhor do que um palco para usar os bodies transparentes cheios de enfeites de pedrarias..." - Gloria Kalil.

Ela além de criticar de forma ironica o trabalho de Fause, ela comentou também de seus dotes de cantor. " O palco cheio de luzes seria o cenário ideal para os figurinos que mostrou na passarela e também o melhor lugar para ele mostrar seus dotes de compositor e cantor.".
Mas ele não deixou por menos. Deixou a ela uma resposta em seu mural no facebook, com criticas bem sucintas sobre o tipo de trabalho que ela exerce. Chamou a de ultrapassada, criticou sua capacidade de interpretação e chamou-a de mal educada. "Peço respeito comigo, com o meu trabalho, minha equipe e com minhas clientes.Obrigado!
Fause Haten"

Fontes
http://www.facebook.com/fausehatenoficial
Mulher Uol
Blog da Glorinha

sábado, 27 de outubro de 2012

Sketchbook - Parte 1

Postado por Laiz Maia Conti às 15:13 0 comentários
Sketchbook, do inglês  caderno de desenhos. Mas falando de moda, é um caderno pra reunir inspirações. Eles normalmente tem um tema, que é o mesmo da coleção. 

Bom, desde que eu soube que nesse semestre terei que fazer um sketchbook, estou recortando todas as imagens que me agradam de todas as revistas que me permitem recortar. As imagens estão reservadas, porque eu decidi fazer tudo, isso mesmo, TUDO. Nesse tudo, entra a confecção do caderninho...Foi bem complicadinha, mas algumas visitas a lojas de decoração ajudou a inspirar e saiu isso:


Pra esclarecer, a capa foi feita com papelão e forrada com um tecido bem podrinho. As folhas são cansons em tamanho A4 dobradas ao meio e coladas com cola de isopor 
(benção na minha vida, cola tudo Oo hahahaha)
Ele não está mais branquinho, mas isso fica pra oooutro dia... Hahaha

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

A importância dos blogs de moda

Postado por Laiz Maia Conti às 18:33 0 comentários
Atualmente, o mundo da moda costuma corresponder às expectativas de pessoas de todas as classes. Portanto, encontramos os mais variados preços, dos mais variados tipos de peças, desde as modinhas encontradas nas lojas de departamentos às peças caras feitas sob- medida em ateliers com altos valores agregados. 

Prêt-à-porter "de luxo"

Então, quando a palavra MODA é citada, um turbilhão de coisas vêm à cabeça. Tendências, cores, modelos, cortes, modelagens. E com tantas informações, as pessoas acabam perdidas. E as blogueiras tem esse importante papel de disseminar de forma rápida e acessível o que está ou o que vai ser usado.
"A vantagem do blog em relação a um site é que é muito mais fácil criar, ninguém precisa entender de programação ou linguagem Html para ter sua página virtual linda e informativa." Blogs e a comunicação 

As blogueiras Camila CoutinhoThássia Neves e Lalá Noleto participando da criação da primeira coleção de Patrícia Bonaldi;

Blogueiras funcionam como um filtro das antecipações, coisas que apareceram nos desfiles conceituais nas maisons parisienses, nos mostrando cores e modelos que estarão em voga na estação que virá.

Fontes: Importância dos blogs na comunicação
De sapatilha

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Meus xodós! Hehehe

Postado por Laiz Maia Conti às 08:53 0 comentários
Então pessoas, não sou uma escritora nata, mas adoro moleskines. E foi aí que eu decidi participar da promoção da Paper.ind em parceria com alguns blogs, e um deles era o da Pathy Amorinha. E adivinhem, eu ganhei! Fiquei mega feliz e ansiosa pela chegada do meu combo. Até que numa manhã linda de segunda feira, deparo-me com um pacote com meu nome na mesa da sala.



O pessoal da Paper.ind foi mega atencioso comigo e fizeram de tudo pra que eu tivesse meu prêmio em mãos o mais rápido possível. Esclareceram-me todas as etapas do processo de adesão até a chegada do meu pacote. No combo veio um moleskine pequeno e um médio.


Obrigada Paper.ind

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Pelas passarelas e pelos becos - A importância da pesquisa de moda

Postado por Laiz Maia Conti às 13:00 0 comentários
Aos leigos que não se interessam pela moda e que acham que é hobby pra gente fútil, não sabem nem metade do que se passa por trás de um desfile, o que o realese quer dizer, de um editorial de moda das Vogues da vida. Moda é muito mais do que desenhar roupas ou montar looks.
Para colocar em pratica nossas idéias, precisamos de embasamento teórico, conhecimento. Nisso entra a função da pesquisa de moda. A pesquisa começa assim que definimos o público que queremos atingir. Temos que saber o que eles gostam, onde vão, com quem vão e até como vão. Perguntas aparentemente bobas podem dizer muito sobre alguém.
Os métodos de pesquisa são os mais diversos. Leitura de revistas estrangeiras (normalmente, ler revistas de moda européias, tira-se muito mais no quesito de "O que vai pegar". As tendências, aparecem primeiro lá fora), presenciar palestras,  viajar sempre que possível e ler muito. 
Ao meu ver, as viagens são as mais proveitosas. Quando se vai para outro lugar, a gente frequenta o mesmo ambiente de onde vem as tendências mais diferentes possíveis: a rua.
acervo pessoal
Enfim, o importante é a pesquisa, afinal tudo que criamos e que pretendemos colocar em prática, faz-se necessário uma pesquisa para deixarem claras e corretas nossas idéias, o que leva nos a criação de uma coleção correspondente ao tema proposto ou escolhido.

sábado, 6 de outubro de 2012

Breakfast at Tiffany's

Postado por Laiz Maia Conti às 05:36 0 comentários
Pois é gente, eu não tinha visto o filme com nossa querida Audrey. Parte da lista das coisas que eu adio. Até que uma amigona minha emprestou, além do fato de que me foi imposto um trabalho para o curso de consultoria. Adivinha que década eu tirei? Cinquenta, isso mesmo. Uma das minhas funções era montar um look atual inspirado na época, mas isso fica pra um outro post, hahaha.
Então, eu curto muito cinema, ainda mais assim, quando nossa queridinha para em frente a vitrine da Tiffany's pra tomar seu café da manhã. Holly vê a joalheria como se fosse um templo. Ela conta a Paul que ela vai lá nos dias em que se sente triste.

Holly é muito envolvida com a alta sociedade nova iorquina, por isso organiza grandes confraternizações no seu minúsculo apartamento. Conhece muitos homens ricos, e se agarra a eles na possibilidade de ser rica também, tornar-se uma atris hollywoodiana e criar seu irmão Fred, que está no exercito, pelo qual tem muito carinho.  Uma acompanhante de luxo, independente, que não se apega a nenhum dos vários homens com quem sai.

Holly casou-se aos 14 anos, com um homem mais velho. Até que decidiu fugir. Ao chegar em Nova Iorque, ela passa a ser bancada por um mafioso, Sally Tomato. Festas, roupas, coquetéis e cigarros fumados em sua longa cigarreira são sua vida. Até que conhece o escritor e novo vizinho, Paul Varjack, que também é bancado por uma amante.
Sua 'profissão' não é explícita no filme, até porque, Holly (a intérprete, Audrey, também) tem feições muito delicadas, é culta.
Uma das minhas cenas preferidas é a que ela aparece na janela da escada de emergência tocando a música 'Moon river', feita especialmente para o filme. Tanto que levou o Oscar de melhor canção, além do de melhor trilha sonora.

Fonte: 
Imagens todas de acervo pessoal

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Enfim...

Postado por Laiz Maia Conti às 05:16 0 comentários
Então, adiei muito a criação disso aqui, agora com o retorno das aulas, além de ser um lazer, esse blog vai se tornar num projeto pra esse semestre, e talvez pra vida toda.
Meu final de ano vai ser meio corrido, mas pretendo postar muitas coisas, não só de moda, como também das minhas viagens, minhas compras, minhas invenções, minhas conquistas, comemorações... Enfim.
Nesse novo projeto talvez eu apanhe um pouco, no entanto, deixarei marcada a data de hoje como mais um passo rumo aos objetivos que eu, na minha inocência e relativa imaturidade pretendo alcançar um dia, fazendo o que eu gosto.


 

Além da minha imaginação Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos